MEUS PARCEIROS

quinta-feira, 6 de março de 2008

A CORAGEM DA MULHER

Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.
(Js 1:9)


A discriminação sofrida pelas mulheres é uma das mais antigas que existem entre os seres humanos. Diversos movimentos surgiram no decorrer da história com o propósito de modificar esse estado de coisas. Mas somente em 1910, na cidade de Copenhague, a Conferência Internacional do Trabalho, estabeleceu o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. Esta data foi escolhida em homenagem a 129 mulheres, funcionárias de uma empresa têxtil norte-americana, que por reivindicarem melhores condições de trabalho e salários, morreram queimadas, depois que os patrões atearam fogo ao prédio onde elas estavam.

Apesar da discriminação, a mulher é o ser que exerce maior influência no mundo. Tudo que havia de admirável no caráter de Henrique VI, era reflexo de sua esposa Margarida. Guilherme, príncipe de Orange, foi reconduzido ao bom caminho pela princesa Maria. O imperador romano, Justiniano, confessou que muitas das suas leis mais sábias vieram por sugestão da rainha Teodora. Washington, o grande libertador americano, carregava no pescoço uma medalha com o retrato daquela que foi sua grande inspiração.

A Bíblia não esconde a força e a coragem da mulher. Rebeca exerceu forte influência sobre seu filho Jacó. Miriã participou dos momentos mais importantes do povo hebreu ao lado de Moisés e Arão. Raabe, através de sua fé e coragem salvou toda a sua família, foi incluída na genealogia de Jesus e na lista dos heróis da fé. Rute, a moabita, foi persistente e corajosa ao seguir sua nora Noemi para uma terra estranha e também colocou seu nome na genealogia de Jesus. O que não dizer da rainha Éster, Dorcas, Débora, Maria, Priscila, Junias e outras. Claro que temos também exemplos de influência negativa. Adão comeu do fruto proibido influenciado por Eva, sua mulher. Jezabel, esposa do rei Acabe, levou o marido e toda a nação de Israel a cometer os mais graves pecados contra Deus. Mas até mesmo estes exemplos demonstram a grande força que a mulher possui.

Portanto, mulheres de coragem, de fibra, de luta, valorosas, lembrem-se, a Palavra de Deus para vocês é: “se forte e corajosa”. Forte para continuar lutando contra toda e qualquer forma de discriminação. Corajosa para não se submeter aos caprichos do machismo irracional e também evitar os exageros do feminismo radical. Lembre-se que sua coragem vem do Senhor.

Parabéns pelo Dia Internacional da Mulher!

Rev. Ezequiel Luz

Um comentário:

Sabrina disse...

Oi Reverendo!!!
que linda essa mensagem do dia Internacional da Mulher!
Gosto muito do seu blog!
Abraços, e que Deus abençõe!!!!