MEUS PARCEIROS

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

NOSSA ESPERANÇA

“Pela sua morte na cruz, Cristo destruiu a inimizade que havia entre os dois povos. Por meio da cruz, ele os uniu em um só corpo e os levou de volta para Deus” (Ef 2.16 NTLH)


O mundo inteiro parece esperançoso com a eleição nos Estados Unidos da América que consagrou o democrata Barack Obama como o 44º presidente daquele país. Por ser a nação líder do mundo é natural que todos se preocupassem com esta eleição. O que estava em jogo não era o fato inédito de se ter, ou não, nos EUA um presidente negro, mas sim a representação dos dois candidatos. Um representava o continuísmo. O outro apontava para mudanças. Os americanos escolheram as propostas de novos rumos na política e na economia. Agora é esperar e torcer para que Obama consiga realizar as mudanças que prometeu: através do diálogo, unir os americanos colocando as bases para paz interna e, também por meio do diálogo, aproximar nações inimigas dando passos em direção a paz e a uma nova ordem mundial.

Refletindo sobre a eleição americana e tendo que escrever esta pastoral, lembrei-me do ensino encontrado nos Evangelhos de que por meio de Jesus Cristo o diálogo e a paz com Deus são possíveis. “Eu sou o caminho ninguém vem ao Pai senão por mim”, disse Jesus. Portanto para ter paz precisamos crer que a cruz de Cristo destruiu a barreira da inimizade que havia entre nós e Deus. Então, pela fé em Jesus, e tão somente pela fé, dialogar e desfrutar de um relacionamento verdadeiro e íntimo com Deus.

Encontramos esse ensino no texto de Paulo aos Efésios. Nesta carta o apóstolo fala de um mistério, não no sentido de algo que não pode ser explicado, mas como uma verdade maravilhosa desconhecida até então. A verdade que estava escondida é que através de Jesus Cristo judeus e não judeus podem formar uma unidade e viverem em paz. A morte de Jesus na cruz destruiu a inimizade entre os dois grupos possibilitando que os dois formassem um só corpo.

Muitos de vocês assistiram as programações do “Minha Esperança” pela televisão. Ouviram várias pessoas falarem da esperança que as sustentavam. Obama deseja construir a paz entre os americanos e entre as nações. Nós oramos e torcemos para que o novo presidente americano tenha êxito nestes projetos. Mas a nossa esperança está em alguém que é maior do que Barack Obama, maior do que todos os poderosos juntos. Por meio dele o diálogo uns com os outros e com Deus é possível. Nossa esperança está em Jesus Cristo.




Soli Deo Gloria
Rev. Ezequiel Luz

Um comentário:

janete disse...

Também sou da mesma opinião Pastor, que o democrata Obama possa fazer diferença para os norte americanos e para o mundo, mas é somente com JESUS como você mesmo disse que a nossa esperança se concretiza. Vamos orar para que programas como este lançado nestes três dias (6,7 e 8)na rede Bandeirantes venha fazer parte do cotidiano do povo brasileiro.
Janete Dancini-Sertanópolis-Pr.