MEUS PARCEIROS

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

O CRENTE FICANTE

“Pelo que, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial”(At 26.19).


Compromisso é um acordo, público ou não, com alguém ou com uma causa. Os jovens e adolescentes chamam de “ficar” um tipo de relacionamento afetivo sem compromisso e que, normalmente, tem uma natureza efêmera. É uma forma de se aproximar de outra pessoa sem a necessidade do compromisso do namoro. É um envolvimento amoroso que não chega a ser envolvimento. Nessa forma de relacionamento não há a preocupação como o outro, chamado de “ficante”. O problema desse tipo de relacionamento é que ele gera adultos imaturos, incapazes de assumirem compromissos.

Parece que esse é também o problema do cristianismo de nossos dias. Muitos crentes querem apenas “ficar” com Deus. Possuem um envolvimento com a missão que não chega a ser envolvimento de fato. Com isso desenvolvem maneiras de se aproximar da igreja sem a necessidade de compromisso. São os crentes “ficantes” e que vivem de igreja em igreja, sem nenhum compromisso com a missão.

Jesus contraria essa tendência. Quando ele viu a multidão, ficou com muita pena daquela gente porque eles estavam aflitos e abandonados, como ovelhas sem pastor (Mt 9.36). Os religiosos “ficantes” da época, os fariseus, os sacerdotes, que deveriam pastorear a multidão, olham para ela e a chamam de plebe maldita (Jo 7.49). São cegos, indiferentes, não possuem visão. A diferença entre Jesus e os religiosos está no compromisso. Jesus tinha uma visão da multidão como pessoas que precisam ser conduzidas ao Reino de Deus. A visão fora responsável pelo seu compromisso com a missão de Deus em salvar os pecadores. Um compromisso tão intenso que o levou a sacrificar a própria vida.

O apostolo Paulo é outro exemplo que choca o crente “ficante”. No caminho de Damasco ele tem uma visão de Jesus Cristo. Essa visão abre-lhe o entendimento para compreender que todos, inclusive os gentios, eram alvos do amor de Deus (At 26.16-18). Quando ele teve que se defender diante do rei Agripa ele disse: ó rei, não fui desobediente à visão celestial, mas movido pelo compromisso preguei a todos que se arrependessem e se convertessem a Deus (At 26.19).
A população mundial cresce assustadoramente. Hoje somos 6,5 bilhões de pessoas. Segundo alguns estudos em 2050 o mundo terá mais de 9 bilhões de habitantes. Como você vê essas multidões? Você tem uma visão celestial sobre as pessoas que estão ao seu redor? O crente “ficante”, não enxerga a multidão, nãos se sensibiliza com suas necessidades. Mas o crente que entrou para o Reino através da graça de Deus, que foi salvo pela fé em Jesus, tem a mesma visão do apostolo Paulo e o mesmo compromisso.

Que Deus nos dê coragem de assumir o compromisso com a Missão de Deus.
Soli Deo Gloria
Rev. Ezequiel Luz

2 comentários:

EU SOU MAIS CRENTE QUE VOCE disse...

boa tarde, muito bom o seu texto e sua reflexão. só há um errinho que é nos dados da população, serão 9,5 bilhões e não milhões

ClikLuz disse...

É verdade. Obrigado pelo comentário e pela correção. Já alterei o texto do blog.

Abraços